Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

4 boas razões para considerar ter uma bomba de insulina

Como tantas outras questões, “bomba ou não” tem uma série de respostas corretas. É uma ferramenta importante no controlo da diabetes. Se está a pensar em fazer a transição para uma bomba de insulina, recomendamos-lhe que fale com a sua equipa de cuidados de saúde.

  1. Controlo da glicemia. Devido ao fato de uma bomba de insulina imitar (de um modo quase real) a produção de insulina pelo pâncreas, a bomba de insulina pode ajudá-lo a controlar a sua glicemia e a reduzir os episódios de uma baixa glicemia1 (e se vive no dia-a-dia com diabetes, quaisquer melhorias, por mais pequenas que sejam, valem a pena ser abraçadas). Com uma bomba de insulina, a dosagem pode ser precisamente ajustada às atividades e necessidades do seu dia, podendo ser especialmente útil quando se está doente. Porém, se quiser tirar máximo partido de uma bomba de insulina, isso vai-lhe exigir dedicação – monitorização da glicemia, contagem de hidratos de carbono e cálculo das doses de insulina às refeições para manter o equilíbrio necessário.
  1. Dosagem precisa de insulina. Muitas bombas de insulina apresentam dispositivos integrados que calculam a dosagem de insulina baseados na glicemia da corrente sanguínea, hidratos de carbono que vão ser ingeridos e insulina que já foi administrada. Esta dosagem mais precisa pode ajudá-lo no melhor controlo da sua glicemia.2 Para tornar tudo mais simples, o sistema de infusão de insulina Accu-Chek Combo e o sistema Accu-Chek Insight permitem-lhe um cálculo da dosagem de bólus no dispositivo e que a dose seja aplicada de modo remoto, sem ter que tocar na bomba.
  1. Menos espetadas que injeções. Este é um pensamento importante a ter presente. Algumas pessoas preferem inserir um conjunto de infusão a cada 2 ou 3 dias em vez de se injectarem todos os dias. Os conjuntos de infusão actuais usam agulhas ultra finas e oferecem uma série de designs adaptáveis a qualquer pessoa, incluindo crianças e atletas.
  1. Liberdade. Algumas pessoas pensam que ter um dispositivo médico ligado fisicamente ao seu corpo pode ser restritivo. Na realidade, há quem considere que as bombas de insulina conferem uma maior liberdade e flexibilidade, visto que podem comer quando quiserem e há uma inserção de insulina mais lenta quando se encontram mais ativos.

O que é melhor para si? Isso depende de si e da sua equipa de cuidados médicos. Se pensa que a bomba de insulina é atrativa, fale com o seu prestador de cuidados de saúde para perceber se pode ser um bom candidato à terapêutica com a bomba de insulina.

Como é que a bomba de insulina imita um pâncreas saudável

O tratamento com a bomba imita um pâncreas saudável ao fornecer uma dose basal de insulina ao longo do dia e um bólus de insulina após as refeições, baseado nos hidratos de carbono ingeridos.

1International Diabetes Federation. Debate—insulin pump therapy: a matter of choice? Disponível em: http://www.idf.org/debate-insulin-pump-therapy-matter-choice. Consultado a 30 de Junho de 2015

2Ziegler R, Cavan DA, Cranston I, et al. Use of an insulin bolus advisor improves glycemic control in multiple daily insulin injection (MDI) therapy patients with suboptimal glycemic control: first results from the ABACUS trial. Diabetes Care. 2013;36:3613-3619.  Disponível em : http://care.diabetesjournals.org/content/36/11/3613.full.pdf. Consultado a 30 de Junho de 2015.